quinta-feira, 5 de maio de 2011

Cotidiano

Eu só quero diversão
Vou esquecer o cotidiano
que me tormenta todo ano
Esquecer este mundo cão

Vou contemplar a natureza
e assim reconhecer sua beleza
adormecer na sua brisa
isso sim que é vida!

Quero adormecer em seus braços
esquentar em seus abraços
e se permitir uns amassos
por que ninguem é de aço

E assim viverei para sempre
Procurei este estilo em todo o canto
Amanhã volto ao cotidiano
Esse será meu passado.futuro e presente

Um comentário:

Confissões Inconscientes disse...

Viver o cotidiano... bem normal não é mesmo? Fazer loucuras uma vez ou outra chega a ser saudável "recomendado e caso de suspeita de monotonia"!!